Ler Mais

O MEU FILHO É MELHOR QUE O TEU…

Ao contrário daquilo que muitas pais dizem e querem fazer parecer, os filhos menos perfeitos não são assim tão poucos! Os filhos menos perfeitos não são mais nem menos inteligentes do que os ditos perfeitos. São apenas crianças pouco entendidas neste universo onde só há espaço à perfeição.

Anúncios
Ler Mais

PAIS CERCA, PRISÃO, BANCA OU FAROL… QUE TIPO DE PAI OU MÃE É VOCÊ?

A criança não quer lidar com dificuldades e a maior parte das vezes escolhe a saída mais fácil. Muitas vezes uma birra, um “não me apetece”, um ” não quero”, ou “não sou capaz” é só uma forma de dizer que não consegue lidar com a dificuldade.
Perante as dificuldades dos filhos os pais fazem tudo para ajudar. Conheço os pais CERCA, os pais PRISÃO, os pais BANCA e os pais FAROL. 

Ler Mais

O QUE TODA A GRÁVIDA OUVE… MESMO QUE NÃO QUEIRA….!

Assim que se sabe a boa nova, toda a gente têm uma opinião! De repente, saímos do anonimato e somos  A GRÁVIDA!
Basta a nossa presença, para que a conversa, gire em torno da gravidez, do parto e de bebés! Aparecem as experiências das amigas, das mães, das tias… e algumas tão más que para manter a saúde mental da grávida, deviam mesmo era ficar escondidas!

Mas há algo, em nós mulheres, que nos impele de partilhar as nossas experiências mais íntimas, sempre que aparece uma grávida!

Ler Mais

AS MÃES NUNCA FICAM DOENTES

Eu sei porque já fiquei doente algumas vezes… Até já expliquei à  mãe… Ficar doente é sentir-se tão cansado, que só apetece deitar no sofá, bem aconchegadinho com uma manta, sem mexer para nada e ficar com a mãe a cuidar de mim… Pedir à mãe para ajeitar a almofada, pedir à mãe para me aconchegar com a manta, pedir à mãe um abraço, pedir à mãe uma massagem, pedir à mãe um remédio… 

Ler Mais

SARAMPO.. O QUE PRECISA DE SABER

O sarampo é uma doença muito contagiosa,  causada por um vírus e que evolui habitualmente de forma benigna, contudo isto não é linear. O contágio acontece entre indivíduos, através de gotículas, tosse e espirros.  A verdade é que o sarampo pode assumir formas mais graves, pelo que se entende prioritário assegurar o cumprimento da vacinação. Quem não se encontra vacinado e não teve sarampo, tem uma enorme probabilidade de contrair a doença se contactar com o vírus.