A CULPA É DAS ALERGIAS

Os seus filhos apresentam com frequência “pingo” e comichão no nariz, tosse, olhos vermelhos e lacrimejantes?  

Consegue associar esses sintomas a algum acontecimento?

Muitas vezes estes sintomas, quando repetidos, indicam presença de alergia respiratória. A criança alérgica, é aquela que em contacto com determinadas substâncias reage de forma exacerbada, por exemplo, uma criança alérgica ao pó, se estiver num ambiente carregado de pó, pode iniciar de imediato um quadro de tosse repetida.

As principais substâncias responsáveis pelas alergias respiratórias, são:

  • Pó da casa e ácaros domésticos;
  • Pólenes das flores, árvores e ervas;
  • Pelos de animais domésticos;
  • Fungos ou bolores;
  • Agentes irritantes: tabaco, fumo das lareiras, perfumes, inseticidas, desodorizantes do ambiente; fumo do escape dos automóveis, poluição industrial.

 

O tratamento das alergias respiratórias passa por diminuir os contactos da criança com estas substâncias. Para que tal aconteça, deixo algumas dicas, fáceis de seguir e que fazem a diferença.

Todas as mães, mesmo antes do filho nascer, têm um projeto: decorar o quarto dos filhos! Transformar o quarto dos filhos na divisão mais mimosa e alegre da casa. E pode fazê-lo… mas quem tem uma criança alérgica em casa, para além da parte estética, tem de se preocupar sobretudo com a parte funcional!

Por isso mãe…  esqueça alcatifas, tapetes ou carpetes, prefira soalhos facilmente laváveis. Móveis de linhas direitas, com superfícies lisas, são uma boa opção, porque não têm muitos pormenores onde possam acumular pó.

Não guarde no quarto, livros e brinquedos que acumulem pó, como peluches. Tente que o brinquedo que acompanha a criança durante o dia, e que muitas vezes é o seu aconchego de noite, não seja um peluche.

O colchão e a almofada devem ser de esponja ou de látex, e deve colocar capas protetoras anti-ácaros que cubram por completo os colchões e almofadas. Este material atua como uma barreira protetora que isola os ácaros, evitando o seu contacto com a criança. Prefira sempre roupa de cama sintética (poliéster).

 Agora aqui vai uma excelente noticia para todas as mães… Ao levantar, não precisa, nem deve fazer logo a cama. Deixe  a cama por fazer, sem culpas… assim está a proteger o seu filho! Deixe a cama ficar a arejar e deixe sempre as persianas abertas para permitir a entrada do sol no quarto.

A roupa da cama deve ser mudada pelo menos 1 vez por semana e os resguardos plásticos lavá-los a 60º C;

Quando limpar o pó use um  pano húmido e faça-o sem varrer. Se possível, usar um aspirador com filtro de alta eficiência ou então passar o chão a pano.

 O colchão deve ser aspirado cada vez que muda a roupa da cama, sempre com a criança ausente.  Por muito que queira ensinar o seu filho a fazer atividades domésticas, se ele for alérgico ao pó ou as ácaros, a limpeza do colchão não é para ele! A limpeza do colchão deve ser feita de manhã e sempre com a janela aberta;

Lave frequentemente os materiais do quarto, designadamente os cobertores e cortinas.

 A temperatura da casa não deve superar os 22ºC. Não devem ser utilizadas ventoinhas porque promovem um movimento nocivo de partículas no ar ambiente. O ar condicionado pode ser útil desde que  a mudança de o filtro seja feita de acordo com as instruções do fabricante, tendo sempre em atenção que as mudanças bruscas de temperatura são prejudiciais.

Evite os odores fortes de produtos químicos, lacas, perfumes, ceras ou abrilhantadores e todo, assim como os fumos provenientes de frituras;

Evite fumo de cigarros. Se são pais fumadores, é um bom motivo para deixarem de o ser! Mas se não é essa a vossa vontade, tenham o cuidado de fumar sempre na varanda ou no exterior da casa.

Se a criança for alérgica ao pelo de animais domésticos, não tenha animais domésticos, ou então deixe-os em áreas restritas, onde a criança não tenha acesso.

Quando a criança é alérgica ao pólen, é preciso  programar as atividades ao ar livre. A quantidade de grãos de pólen no ar varia de acordo com as condições atmosféricas, ao longo do dia e durante o ano. Para as crianças alérgicas, o início da manhã e o fim da tarde, são sempre as horas do dia preferíveis para atividades ao ar livre.

Quando for de férias, eleja épocas do ano e locais livres dos pólenes. Prefira férias na praia, onde a brisa marítima mantém o ar mais livre de pólenes. Mantenha sempre  as janelas da casa fechadas, durante o dia;

Habitue a criança a usar óculos de sol para proteger a conjuntiva ocular dos pólenes transportados no ar.

Anúncios