OS 30 ANOS SÃO DO MELHOR!

Aos 20 anos somos donos de sonhos e mais sonhos que aspiramos concretizar… de preferência antes de chegar aos 30! Temos a irreverência da juventude, mas também a sua inocência. Não vemos maldade no mundo e acreditamos que todas as pessoas que nos sorriem são amigos para a vida!

É uma imagem perfeita, mas não passa de um conto de fadas. Conforme os anos vão passando, a verdade vão surgindo, e o romance que a vida tinha, transforma-se muitas vezes numa espécie de drama, ou mesmo num filme de terror!

Aos 30 surge a maturidade, e com ela a desejada ponderação! É ela a responsável pela tomada de decisão aos 30. A incerteza e impulsividade dos 20, desaparece por completo. Adquirimos a habilidade de escolher as batalhas, para depois vencer a guerra! Se for necessário ignorar, ignoramos. Se for preciso reagir, ninguém nos trava! Já não somos demasiado novas, por isso a nossa opinião ganha uma nova visibilidade, aparece com fundamentos irrefutáveis e se a razão for nossa, dificilmente nos fazem adotar outro tipo de comportamento.

Aos 30 que deixamos de ter preocupação em agradar… começamos a ser nós próprias, a mostrar quem realmente somos, sem preconceitos! Quem gostar, gosta muito… quem não gostar, não gosta nada! Paciência…. ! Não mudamos só para fazer vontade a alguém! Aparece a preocupação de fazer aquilo que se gosta… Nos tempos livres ou no trabalho, procuramos projetos que nos aliciem e nos deem aquele entusiasmo que nos faz levantar pela manhã com energia!

Aos 30 sentimos necessidade de adotar hábitos saudáveis, mas as menos motivadas, como eu, muitas vezes ficam só pela vontade! Sentimos que o nosso corpo já não responde como respondia aos 20… Já precisamos de fechar os olhos mais cedo e de refeições regradas! Sair até às 3 da manhã, isso é para os miúdos de 20 anos!

Aos 30 anos a autoestima cresce, aquela timidez dos 20, já não existe! E com ela, vem a inevitável preocupação com a imagem. Temos a capacidade financeira que não tínhamos aos 20, e gastamos mais em roupa, calçado e acessórios! Recorremos à maquilhagem mais vezes, porque, graças às noites mal dormidas, por conta dos nossos filhotes, o ar fresco dos 20 desapareceu! Ficam as olheiras e começam a surgir as desalmadas rugas de expressão! Os cabelos brancos também surgem em força, como que por inveja, e a tinta depressa passa a ser uma rotina e não uma opção!

Aos 30 anos as mulheres afirmam a sua sexualidade, sabem o que querem e o que precisam. Não têm vergonha do seu corpo, assumem-se como são! Se estão numa relação que as satisfaz, entregam-se de corpo e alma e preocupam-se com os desejos do parceiro. Mas, sobretudo com os seus desejos, valorizam-se e gostam de se sentir valorizadas! A mulher já não aceita mais desculpas para aquilo que não tem explicação. Procura estabilidade. Se está numa relação que não a completa, a realiza, numa relação sem futuro, não tem receio de virar a sua vida do avesso, se isso significar voltar a sentir-se viva! Ela só inclui verdadeiramente na sua vida quem lhe faz bem, não aceita meio amor, nem meia verdade, só permanece quem tiver a coragem de se entregar por completo!

Mulheres de 30 e mais uns quantos, como eu, aproveitem a vida, os 20 já não voltam e ainda bem!

 Porque os 30 são do melhor!!!!

Anúncios