CHATAS DAS MELGAS QUE NÃO NOS LARGAM!!!

Os insetos são o cúmulo da chatice, então os que voam, fazem um zumbido arrepiante aos nossos ouvidos e picam… nem se fala! Mas feliz ou infelizmente eles fazem parte do nosso ecossistema e se há sítio onde eles gostam de aparecer, é em nossa casa e nas nossas férias, sejam elas na praia ou no campo. O calor pede janelas abertas à noite, decotes e pernas à mostra, o que nos torna no alvo fácil destes pequenos insetos.

A prevenção é só uma, usar repelentes em gel, spray ou loção com DEET. Este é considerado o repelente de insetos mais eficaz e com maior duração.  As velas e difusores podem afastar as melgas, mas não são tão eficazes.

As crianças podem e devem usar repelente. Aplique nas zonas expostas, mas tenha em atenção de aplicar o produto, passando primeiro em suas mãos e só depois na pele da criança!

Veja sempre o rótulo do repelente e aplique um adequado à idade da criança. Nas crianças com idade inferior a 2 meses, o uso de repelente não é seguro, nesta fase a proteção adequada é o uso de redes mosqueteiras.

Quando a prevenção falha, aparecem as consequências, grandes papúlas e a inevitável comichão, que para uma criança é quase impossível de controlar. Regra número um para evitar uma infeção: manter as unhas da criança sempre curtas e limpas. Depois há que tratar, coloque compressas geladas para diminuir a inflamação local, a dor e acalmar a comichão. Aplique em seguida o gel ou loções locais com anti-histamínicos ou cortisona.

Se as pápulas apresentarem sinais inflamatórios acentuados, juntamente com febre, dor de cabeça ou dores no corpo deve recorrer aos serviços de saúde.

        Deixe as melgas fora da sua vida, sobretudo as que têm asas e voam….

                …. As outras também, mas isso é um outro assunto!

 Fica para outro post!!!! 😉

Anúncios