QUANDO É A VEZ DOS BIBERONS

É a vez dos biberons, não se preocupe…. não é a única!

Há muitas mães, que tentam a amamentação, mas que infelizmente não corre como o esperado. O bebé não faz boa pega, parece que não fica satisfeito, você está tão ansiosa que produz pouco leite, teve uma mastite ou simplesmente prefere dar biberão!

São inúmeros os motivos e todos como o mesmo final, os bebés passam a fazer leite artificial. O leite artificial cada vez é mais semelhante na sua composição com o leite materno, por isso, mães deitem fora as frustrações, qualquer resto de culpa, e bem vindas a uma nova etapa: Preparação de biberons.

Preparar biberons parece simples, mas há 4 aspetos que não devemos descurar:

1 – Lavagem dos biberons 

Os biberons,  devem ser mantidos rigorosamente limpos. A lavagem deve ser feita com água e detergente. O interior dos biberons deve ser lavado com um escovilhão, tirando das paredes os restos de leite. Para lavar as tetinas, volte-as de dentro para fora e esfregue com uma escova apropriada.

2 – Esterilização dos biberons

Os biberons deve ser esterilizados pelo menos até aos 9 meses. Existe dois tipos de esterilização:

  • Fervura: numa panela de água a ferver, entre 10 a 20 minutos.
  • Esterilização a vapor: Em aparelho apropriado, os utensílios a esterilizar são envoltos em vapor de água a uma temperatura de 95 a 97ºC.
3 – Preparação do biberons 
  • Ferver água potável durante 3 a 5 minutos, ou usar água previamente fervida guardada em recipiente só para o efeito.
  • Deitar a quantidade correta de água quente no biberão, para  cada 30 ml de água adicionar 1 colher rasa de leite em pó (nunca encher a colher acima da medida)
  • Agitar para que o leite fique homogénea e sem formação de grumos.
4 - Dar biberão
  • Verifique a temperatura do leite e se flui facilmente através do buraco da tetina (deixe cair um pouco de leite no dorso da mão).
  • Sente-se confortavelmente e apoie a cabeça do bebé na parte interior do cotovelo e o antebraço de apoio às costas do bebé;
  • Depois de iniciar a sucção aconchegue o bebé a si e mantenha-se concentrada no nele, para reforçar vinculo.
  • O biberão deve estar inclinado para que a tetina esteja sempre repleta de leite (para evitar a ingestão de ar).
  • O leite deve apenas pingar da tetina e não escorrer, se o leite escorrer o bebé corre o risco de se engasgar.
  • No final da mamada coloque o bebé a arrotar.
Anúncios