DICAS PARA MANTER AS CONSTIPAÇOES E GRIPES BEM LONGE!

O frio chegou… e com ele  vêm as malvadas constipações e gripes!

Sim elas fazem parte , mas podem ser prevenidas, com pequenos cuidados que muitas vezes nos passam despercebidos!

Abrir as janelas de casa quando está um frio de rachar parece ridículo, mas é um dos cuidados essenciais, permite ventilar e deixar entrar o sol!

O mau tempo faz com que o passeio ao jardim, seja substituído por um passeio ao shopping. É facilmente compreensível, mas o problema é que o shopping é um local fechado, densamente povoado e como tal cheio de micróbios! Por isso, faça como eu, evito frequentar estes locais, sobretudo em dias de maior afluência.

A mudança brusca de temperatura é outro fator propício… É difícil ter a casa aquecida da mesma forma em todas as divisões, o aquecimento sai caro! É precisamente por isso, que de Inverno dou uso aqueles casacos mais  velhos, mas super quentinhos, que visto aos miúdos, quando se deslocam às divisões mais frias.

Todos os pais têm medo que os filhos tenham frio, para nós os filhos estão sempre mal agasalhados, é sempre preciso mais uma camisola! E mais uma mantinha não faz mal nenhum! Ficam de tal forma, que muitas vezes fazem lembrar um embrulho, só se vê os olhos! Cuidado! Não agasalhe em excesso os miúdos. A verdade é que a criança tem  exatamente o mesmo frio que nós. Observe o seu filho, se está demasiado mole ou demasiado irritado, com suor e bochechas mais vermelhas que um tomate, é porque tem calor de tão agasalhado que está!

Quando temos familiares doentes é importante fazer uma visita, dar apoio, mas a criança não precisa de ir. O mesmo se fala numa ida ao hospital, se a criança não é o doente, não a queremos lá. Há sempre uma avó, tia ou vizinha que pode ficar com a criança.

As crianças gostam de partilhar! Partilham chuchas e brinquedos. Toma lá este ursinho, dá-me cá o carrinho. Mas nesta altura, o carrinho já vem com bónus, micróbios em excesso! É assim que se processa… por isso, faça como eu fazia, quando os meus filhos estavam nessa fase,  lavava com frequência chuchas e brinquedos e optava sempre por comprar brinquedos que fossem facilmente laváveis.

Desde cedo é preciso ensinar às crianças medidas de higiene das mãos. A criançada acha graça, adora molhar as mãos… Lava-se à frente, lava-se atrás, esfrega-se os dedos e o dedão… essa é a chave da prevenção!

E não se esqueçam, lavar as mãos sempre após assoar ou tocar no nariz, antes de comer ou preparar alimentos e sempre depois de usar a casa de banho.

   E por fim, partilho convosco um gesto simples que pode fazer a diferença, cobrir a boca e o nariz sempre que espirrar ou tossir, de preferência com um lenço de papel. Se não for possível, tossir ou espirrar para a parte superior do braço, nunca para as mãos!

Porque “prevenir é melhor que remediar” e “não custa tentar”…

Boa sorte… ! Que as infeções  respiratórias fiquem bem longe…!

 

Anúncios