CARNAVAL: PAIS MASCARADOS DE “VOLUNTÁRIOS À FORÇA”!

Aproxima-se o desfile de Carnaval nas escolas e com ele a azafama dos pais!

Vêem-se mascarados de voluntários à força, para criar o fato que alguém na escola idealizou para o dia do desfile. Se para alguns pais, fazer o fato do Carnaval do filho pode ser uma tarefa bem divertida, para outros tantos como eu… é mais um trabalho difícil e que faz pouco sentido! Mas que tem de ser feito, porque e só porque, enquanto pais não conseguimos imaginar os nossos filhos como as únicas crianças da escola que não aderem à ideia!

Aderir à ideia não é fácil! Seria fácil se a ideia englobasse fatos de super-heróis, de princesas, que é o sonho de qualquer criança, mas não… tem de ser uma ideia bem mais complicada, como as regiões de Portugal, era digital, os alimentos… ! Começa-se uma guerra na preparação e termina com uma guerra no dia para vestir o fato tal como proposto!

E para quê? Pergunto eu?

Porquê transformar o Carnaval, que devia ser um dia de alegria e folia, num dia em que a criança desfila com cara de “poucos amigos” porque o faz com um fato que não gosta?

Alguém tem uma resposta?

Eu não tenho resposta, mas tenho opinião!

Sou defensora do tema livre… aquele em que a criança se mascara daquilo que quer, de acordo com as suas fantasias e brinca ao faz de conta com alegria no olhar! O tema livre que livra os pais de um trabalho supérfluo! O tema livre que dá a opção aos pais de simplesmente comprar um fato já feito!

Há mais pais por aí que também não gostam de se mascarar de “voluntários à força”?

Partilhe a sua opinião!

Anúncios