PAIS CERCA, PRISÃO, BANCA OU FAROL… QUE TIPO DE PAI OU MÃE É VOCÊ?

Quem é a pessoa que no seu juízo perfeito gosta de lidar com a dificuldade? Ninguém, é claro! Então as crianças nem se fala! Mas todos nós sabemos que as dificuldades fazem parte da vida, e que são as situações mais difíceis que nos trazem maior aprendizagem.

A criança não quer lidar com dificuldades e a maior parte das vezes escolhe a saída mais fácil. Muitas vezes uma birra, um “não me apetece”, um “não quero”, ou “não sou capaz” é só uma forma de dizer que não consegue lidar com a dificuldade.

Perante as dificuldades dos filhos os pais fazem tudo para ajudar. Conheço os pais CERCA, os pais PRISÃO, os pais BANCA e os pais FAROL.

Que tipo de pai ou mãe é você?

PAIS CERCA

Estes pais fazem tudo o que podem para não ver nada mais que um sorriso na cara da criança! Protegem-nos ao máximo para minimizar o sofrimento da criança, ajustam os objetivos (por exemplo, se a criança não consegue resolver o exercício, não se insiste, vai descansar e tenta para a próxima), fazem os trabalhos com eles ou às vezes por eles, ou terminam de imediato o problema, atirando a culpa da dificuldade para outra pessoa, como por exemplo para o professor.

O que os pais CERCA transmitem à criança?

Transmitem à criança, que ela não é capaz de realizar a atividade e nas situações seguintes desistir vai ser mais facilmente a opção escolhida pela criança.

PAIS PRISÃO

São os típicos pais que usam inúmeras regras e limites, que repreendem, é uma espécie de exército mas disfarçado! É uma saída relativamente fácil… é mais fácil impor uma regra quando a criança não faz o que deve, do que conversar e perceber o porquê daquele comportamento. Os pais decidem tudo, mas mesmo tudo pela criança, quando tem de comer, fazer os trabalhos, o que vestir, o tempo passado a ver televisão…!

O que os pais PRISÃO transmitem à criança?

Transmitem que são os pais que detém o controlo! As regras são importantes, mas só funcionam no ambiente familiar, porque as regras não ensinam a criança a ser responsável. Longe dos pais as crianças não têm qualquer orientação.

PAIS BANCA

São os pais que oferecem recompensas pelas boas notas ou doces quando as crianças se portam bem… São os pais que compram a criança. Tudo tem o seu preço!

O que é que os pais BANCA transmitem à criança?

A criança habitua-se à recompensa e com o tempo a criança perde a motivação! Para além de que põe em causa uma lição importante: o dever de lidar com as dificuldades, porque nos traz aprendizagem e não fazê-lo só porque ganhamos algo com isso.

PAIS FAROL

São aqueles que guiam a criança nas soluções, mas não resolvem o problema pela criança. São apenas o agente facilitador. Utilizam o diálogo, para perceber o porquê do comportamento da criança e induzem a criança a modificar, por ela própria, o seu comportamento.

O que os pais FAROL transmitem à criança?

Dão a possibilidade à criança de superar os suas dificuldades e aprender com cada situação o máximo possível. Talvez seja a melhor forma de ajudar as crianças a lidar com as dificuldades, mas estou certa que é também a mais difícil de colocar em prática! Mas não custa tentar…

Anúncios