MÃE, EU DISSE-TE QUE JÁ É DIA!

  Depois de um boa noite de sono (ou não), quem não gosta de despertar calmamente?

Sobretudo NUNCA antes da hora que é preciso?!

Tem filhos? Então esqueça…

É a hora que eles querem e não há nada a fazer!

  Não há necessidade de um despertador, porque eles teimam sempre em acordar antes da hora! Ao fim de semana, é claro! Porque se for de semana, como é mesmo preciso acordar cedo, já a história é  outra! Aí é preciso todo um ritual para os ver fora da cama!

   Criança que é criança é do contra! E não há mãe ou pai que não saiba isso por experiência própria!

Ainda não são 8h00 e já tenho uma companhia na cama, que me diz:

 – Acorda mãe, já é dia!

Oh não! Já? Ainda é tão cedo!

É neste momento que eu coloco em prática tudo o que sei para conseguir mais uns minutos de sono…!

Primeira tentativa… permaneço imóvel,  a pedir em pensamento que ela acredite que estou a dormir e desista…

Tentativa falhada… Diz novamente:

 – Acorda mãe, já é dia! – Mas desta vez mais alto e estridente! Até doi nos meus ouvidos…

 Segunda tentativa… rapidamente a aconchego a mim e respondo:

 – Não, ainda é muito cedo, é hora de dormir mais um bocadinho!

–  Não, mãe já é dia! – outra vez a mesma resposta!

Terceira tentativa… digo baixinho:

 – Olha para mim, é de noite, estou a dormir! Tenho os olhos fechados!

Sossega por um instante e é aí que eu penso… Consegui, foi desta!

Mas não… Ainda estava eu nesse pensamento, e já a festa tinha acabado… A pequena passa diretamente para o ataque, e quando digo ataque é mesmo ataque… sinto de repente umas mãos pequenas que tentam abrir-me os olhos, mas não conseguem!

É então, que a pequena, não se dá por vencida e decide acabar com o problema de uma vez por todas! Lança um grunhido, vai a correr direitinha à janela, abre a cortina e deixa entrar os raios de sol que atingem os meus olhos como lanças!

Senta-se e diz com um ar muito satisfeito:

 – Vês, mãe! Eu disse-te que já é dia!!!!!!!!

É assim o despertar de uma mãe, com uma filha que consegue ser mais teimosa que ela! E apesar de despertar à força, não há mau humor que resista perante a alegria contagiante de uma criança!

 

Anúncios