Mãe também pede desculpa…

Há dias difíceis, em que tudo se complica. Ou melhor… há dias difíceis, em que simplesmente acordamos a complicar.

Para uma mãe, estar em “dia não” só cria problemas! Se a mãe acorda com os pés de fora, os filhos não lhe vão facilitar a vida. As crianças são sensíveis aos estados emocionais de quem os cuida, e percebem rapidamente as neuras maternas.

Quando nos sentimos irritadas, não é fácil manter um tom de voz calmo, nem esperar pacientemente que a criança resolva despir o pijama para vestir a roupa da escola, ou decida o que quer comer ao pequeno-almoço. O mais provável é que o nosso estado emocional desencadeie uma cascata de birras, que só vão piorar o nosso dia.

Gera-se um ciclo difícil de quebrar:

Mãe impaciente gera birra à criança; birra da criança agrava a impaciência da mãe!!!

E porque todos somos humanos, e as mães também podem ter dias menos bons… Os filhos aprendem facilmente a conhecer as nossas fragilidades.

Está em dia de birra? Já perdeu a paciência sem razão?

Experimente pedir desculpa e dar um abraço demorado ao seu tesouro… Está perdoada!

Anúncios